Olha, o ex 10 do WascO me surpreendeu. O time da Colina abaixo demonstrou bom senso e desistiu de fazer valer a decisão do TRT e de correr o risco de parar o campeonato. O WascO vai se classificar pra semi da Taça Rio mesmo, não tinha porque esse fuzuê todo. E no fim das contas, o WascO deu mole mesmo escalando Jefferson sem o BIRA. Mesmo depois de tudo o que ele falou do Flu e dessa maluquice, Robertão agora demonstrou bom senso. Parabén, Dinamite. O futebol do Rio anda precisando de bom senso. ST.

p.s.: espero que a decisão não tenha tido a ver com a provável exclusão do WascO do campeonato por ter recorrido à Justiça Comum antes de terminadas todas as instâncias da Justiça Desportiva. Ou será que teve, e em vez de bom senso foi quem tem cu tem medo?

Anúncios
vasco-julgamento1

A vida é bem mais difícil sem Euricão...

Bom, a razão venceu e o WascO não recuperou os pontos que tinha perdido semana passada. Era simples: o jogador jogou e não estava no BIRA da Federação carioca, não tem pra onde correr. Ponto final. Mas hoje de manhã, o advogado do Time que desceu Colina abaixo já disse que vai pro STJD, e que está disposto a conseguir um efeito suspensivo caso o julgamento não seja feito até sexta feira, para paralisar o campeonato. Se isso ocorrer, creio que os jornalistas , incluindo o Senhor Renato Mauricio Prado, que defenderam o “resultado no campo”, ficarão muito felizes. Ter o campeonato paralisado por um erro realmente cometido pelo WascO. Deve ser isso que eles querem.

Porém, a turma que anda com peninha do time que não cansa de rolar Colina abaixo ainda vai ter muito com o que se preocupar: o relator do processo, Sérgio Saraiva, vice do Pleno do TJD-RJ, disse que vai sugerir que o WascO seja também denunciado no artigo 231 do CBJD, Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que questiona a procura da Justiça Comum antes de acabadas as instâncias da Justiça Desportiva.  A pena, camaradas? Pé na bunda do campeonato.

O WascO escalou o Jefferson sem estar no BIRA? Sim. O WascO recorreu a Justiça comum antes de recorrer à Justiça Desportiva? Sim. Contra fatos não há argumentos. Se a justiça prevalecer, o WascO deve sim ser penalizado. Então por que a imprensa não cobra que a lei seja cumprida? Por que a imprensa não dá chiliquinhos e discursinhos pela moralidade no futebol carioca? Ou será que depois da saída do Euvírus o WascO agora vai tomar o lugar do Botafogo e passar a ser o coitadinho do Rio? Espero que não. A justiça é pra todo mundo, menos os times do Euvírus. Mas agora que o bonachão foi defenestrado de lá, o WascO vai aprender a se submeter a justiça. Como todo mundo.

Jornalistas querem que tudo termine em pizza

Jornalistas defendem a pizza no futebol

Engraçado. Ontem eu tava vendo o Troca de Passes no SporTV, se não me engano. E percebi uma coisa, no mínimo, curiosa. Os jornalistas esportivos vivem falando de moralização no futebol, que são a favor de punição nos tribunais pros jogadores que forem flagrados pelas câmeras agredindo alguém etc. E ontem, quase todos os presentes no programa, incluindo – como não poderia deixar de ser – Renato Maurício Prado, defendiam que deveria prevalecer, segundo eles, “o que aconteceu no campo”, no caso do Wasc0, e que debocharam do fato do Fluminense ter enviado um advogado ao julgamento.

Ué?! Mas a lei não deveria prevalecer? Eles não vivem falando que o Tribunal deveria ser mais rigoroso em relação aos atrasos, expulsões etc? Mas escalar jogador irregular não tem problema? Vindo do RMP, que quase teve um infarto defendendo que não foi pênalti no Fernando Henrique, eu já esperava isso, mas dos outros não. Lei é lei. Escalou irregular, arque com as consequências. Se for assim, todo mundo vai escalar jogador irregular e levar jornalistas pro tribunal pra defender o “resultado no campo”. Como se diz na minha terra, pimenta nos olhos dos outros é refresco.